Long Tails e o Novo algorítimo do Google (Rank Brain)

A inteligência artificial chegou, o Google sempre inovando está trazendo mais esse Update para seu novo algorítimo, e pasmem, segundo a Bloomberg ele é o terceiro fator de maior peso.

Como o Rank Brain este Novo algorítimo afeta sua vida

O novo algorítimo promete entregar cada vez mais relevância ao usuário, sim, essa é a missão do Google, eles focam muito mesmo nisso. Atualmente 15% das novas pesquisas realizadas são consideradas novas, outros 85% são pesquisas antigas, que se repetem sempre.

Apesar de parecer um número pequeno, isso representa 450 milhões de novas pesquisas, every single day! E como ajustar essa pesquisa a um conteúdo que realmente tenha valor para o usuário? É exatamente isso que faz o Rank Brain.

O terceiro maior fator de rankeamento

Esta nova face do Algorítimo irá também afetar, segunda a Bloomberg este novo plus do Algorítimo é o terceiro fator mais relevante na hora de posicionar um conteúdo.

A Bloomberg fez alguns testes e você pode verificar através deste Link, mas só para clarear sua mente, entenda o seguinte, o Google tenta associar vários sinais, que vão desde o título, URL etc. Porém, se eu fizesse uma pesquisa agora sobre uma cauda longa qualquer, como exemplo fiz essa pesquisa: “como viajar com a mala do seu irmão”.

Note que esse tipo de pesquisa pode afetar a resposta, ela é genérica, e pode retornar em resultados bem diferentes.

Veja o resultado

O terceiro fator de rankeamento do google

Veja que os resultados são bem aleatórios, tem resultado sobre filme, sobre porta malas… hehehe estamos deixando o Google doido assim!

Vamos fazer uma segunda busca mais específica dessa vez, então eu alterei agora a busca para “como viajar com o chato do seu irmão?”

A complexa busca nos trouxe algo bem mais específico dessa vez, observe:

O terceiro fator mais relevante do google Rank Brain

Não estou querendo dizer que nessa situação atual, o Rank Brain efetivamente se fez atuante, neste simplório exemplo, mas veja que na segunda busca ele me trouxe resultados bem específicos, será que o Rank Brain aprendeu algo sobre minha primeira busca?

O Rank Brain foi desenvolvido para isso, entender linguagens, e aprender com nossas buscas. Então ele de fato armazena nossas pesquisas e tenta melhorar os resultados da nossa próxima sentença. A cada sentença nova um novo aprendizado UAU!

É lógico que o Google já fazia uma série de associações, porém não com essa “Inteligência” ainda, veja também que apesar de parecer uma inteligência artificial (ainda estamos longe disso), creio que esse seja o princípio desta nova empreitada, e já não duvido que chegará o dia em que o Homem será capaz de brincar de Deus!

Como isso afeta o seu SEO

O Rank Brain estará diretamente ligado ao algorítimo, no entanto, ele atua de forma Offline, ou seja, após coletar os dados de várias amostras e testar os resultados, uma update é realizada no algorítimo, e isso com certeza afetará seu posicionamento na SERP, pois ele levará em consideração, Localização, Linguagem, Histórico das buscas dos usuários.

O fato é que, as pesquisas que contenham palavras mais abrangentes e com menos significado, passarão a ser melhor interpretadas, é como se o Robô do Google passasse a compreender um diálogo como numa conversa de bar, onde usamos gírias, e palavras que um robô dificilmente entenderia, pois é, agora ele vai entender!

Veja nesse vídeo exclusivo, conseguido de forma não muito ética kkkk

Não se assuste com as mudanças do Google, ele vai estar em constante mudança. Então manter-se com conteúdo relevante, atualizado, e que atenda os interesses do seu público é com toda certeza a melhor estratégias.

Se este artigo foi útil pra você, não esqueça de compartilhar!

Ricardo Guedes Tatagiba

Pós Graduado em Gerenciamento de Projetos na Área de Engenharia Consultor em Otimização de Sites. Tentando mudar a vida das pessoas através da Internet

Website: http://www.sosbloggers.com.br

5 Comentários

  1. Renata FG

    Ricardo, parabéns pelo post…

    Só hj soube desse algorítimo e agora entendo porque pra mim as coisas melhoraram. Sempre fiz conteúdos relevantes e depois do “beija-flor” vi minhas visitas caírem sem razão nenhuma, ainda que eu utilize boas técnicas de SEO e tenha conteúdos mega relevantes e bem contextual. O “panda” me ajudou, o “beija-flor” me aniquilou (sem merecer – eu via posts com péssimo conteúdo aparecerem primeiro que o meu e isso me frustrou, quase desisti). Já o novo algorítmo está me ajudando, e se ele está ajudando a encontrar melhores conteúdos ele é mesmo “mais inteligente”, e isso é bom pra quem trabalha sério. 😉

    • pois é, sinal de que já está funcionando, depois se quiser podemos colocar algum exemplo seu nesse artigo Renata, fico a sua disposição!

      • Renata FG

        Boa ideia, Ricardo. Obrigada pelo interesse em meus exemplos, mas não entendi muito bem como seria esse “meu exemplo” rs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *